Rabino Loren Jacobs, Jesus me fez kasher

Como estudante, o rabino Loren Jacobs sentiu que algo estava faltando no judaísmo que ele conheceu desde criança. Ele começou a ler a Bíblia, começando com o Novo Testamento. Enquanto ele lia e orava, tornou-se claro para ele que Jesus é verdadeiramente o Messias judeu. Assista ao testemunho dele: “Rabi Loren Jacobs, Jesus me fez kasher”.





Legendas de vídeo youtube

Kasher. Kasher significa ser apto, ser limpo, estar bem com Deus, ser aceitável à Deus. Tendo crescido numa família judia, nunca pensei que eu chegaria ao ponto que eu poderia dizer que Jesus me fez kasher. Mas você sabe o quê? Ele fez. Jesus é o Messias, ele é o mais judeu dos judeus; e acreditar no Messias judeu, Jesus, é a coisa mais kasher que qualquer pessoa judia pode fazer. Kasher? Nem tanto. Antes de vir a compreender que Jesus é o Messias, algo estava faltando na minha identidade judaica, eu sentia que eu não estava perto de Deus e eu me sentia espiritualmente vazio. A história do rabino Loren Eu cresci em um lar judeu na área de Chicago. E como é típico para a maioria dos judeus, frequentei a sinagoga quando criança e eu aprendi sobre a minha história judaica, minha cultura e tradição. E foi lindo, mas eu achei que alguma coisa estava faltando espiritualmente, de algum jeito havia vazio. Eu tive o meu Bar Mitzvah quando eu tinha 13 anos E continuei depois por mais um ou dois anos. No entanto, porque o judaísmo que eu recebi não dava resposta às grandes perguntas que eu tinha: Qual é o significado da vida? Para que que nós estamos aqui? Quando você morrer, não há algo mais? Comecei a procurar em outras áreas: Filosofia, Psicologia, Filosofia Oriental. Deus teve que me segurar firme no meu primeiro ano da faculdade. Eu estudava Filosofia e um dos meus cursos consistia em analisar algumas das provas da existência de Deus. Então, a maioria do semestre nós lemos os argumentos clássicos que provariam que Deus existe. E no final do semestre, fiquei convencido de que Deus existia. Comecei a ler a Bíblia por conta própria pela primeira vez. E comecei a ler o Novo Testamento. Eu senti-me muito atraído por este jovem Rabi judeu: Jesus e seus milagres tremendos e seu ensinamento como nenhum outro e seus altos valores éticos, tais como o sermão da montanha. Quase ao mesmo tempo, eu descobri que existem profecias no Velho Testamento, nas Escrituras Hebraicas -minha Bíblia judaica-as quais eu não conhecia até então Então eu comecei a ler essas profecias Messiânicas, como Isaías, capítulo 53. Este extraordinário capítulo que fala da vinda do Messias, Mas Ele ia vir modestamente e humildemente, Ele iria sofrer e seria rejeitado. Bem, como eu continuei lendo a Bíblia e orando, ficou muito claro para mim, num curto período de tempo, um período de cerca de 10 dias, que Jesus era realmente o Messias judeu e o Salvador do mundo; que Ele veio a este mundo cerca de 2000 anos atrás; Ele viveu uma vida perfeita; morreu na cruz para fazer expiação pelo mundo; Ele ressuscitou dos mortos; subiu de volta para à direita de Deus Pai no céu e que ele voltará para a Terra, para Israel, em Jerusalém, para governar sobre Israel e as nações. Jesus ensinou que Ele veio para cumprir e nos completar como povo judeu, para nos fazer kasher, e não para nos afastar da nossa identidade judaica. O próprio Jesus era e é um judeu, Ele é o Rei dos Judeus, Os apóstolos, seus seguidores eram homens judeus. O Novo Testamento foi escrito por homens judeus, e quando uma pessoa judia segue o Rei dos Judeus, isso é a coisa mais judia que qualquer pessoa judia pode fazer. Não importa o que dizem os homens, que são falhos, não importa o que os líderes da comunidade possam dizer; importa o que Deus diz, importa o que é a verdade. E a verdade é que Jesus é o Messias, o Rei dos judeus, e ele pode nos cumprir e nos completar em nossa identidade judaica. Jesus pode e precisa nos fazer Kasher. Minha história em duas palavras: Kasher? … Kasher. Qual é a sua palavra? Qual é a sua história?