Rose Price, “Aquele Judeu morreu por você”

Rose Price é uma das poucas pessoas de sua família que sobreviveu o inferno dos campos de concentração da Segunda Guerra Mundial. Toda vez que ela era espancada, o guarda lhe dizia: “Jesus nos mandou espancar você. Jesus te odeia!” Como resultado, ela veio a concluir que era Jesus quem tinha matado sua família. Quando ela investigou na Bíblia quem Ele é, no entanto, ela descobriu o oposto: Jesus morreu por ela.





Legendas de vídeo youtube

Histórias de Sobreviventes do Holocausto A vida nos campos de concentração…? Como você descreveria um inferno? Trabalhávamos de manhã cedo até tarde da noite. Nos levantávamos enquanto ainda estava escuro. Primeiro contavam quanto éramos. Tínhamos que ficar na fila Minha mãe e o resto da família foram assassinados em Treblinka. Eu estive em 3 campos na Polônia e 3 campos na Alemanha. Eles batiam em nós, constantemente. Tudo por culpa de Jesus! Cada vez que éramos espancados, o guarda nos dizia: “Jesus nos ordenou a bater en vocês. Jesus odeia vocês!” Fui criada com a ideia de que Deus era tudo. Deus pela manhã, Deus de tarde e Deus à noite. Um dia, eu olhei em volta… em 1941 ou em 1942 Eu disse: “Não há Deus. Minha mãe mentiu.” Como foi sair dos campos de concentração…? No começo, eu não acreditei. Então alguém veio com a ideia de vingança. Esta pessoa não precisou repetir. Eu sabia o que queria fazer: Eu queria matar Jesus. Onde é que Jesus mora? Na igreja. Então, o que você faz com a igreja? Taca fogo. Se você incendiar a igreja, Jesus já não poderá viver lá, ele está morto. Estávamos tão cheios de ódio! Quando voltamos para o grupo, eu peguei a mão de minha irmã e disse: “É hora de ir para casa.” Tempos depois, minha irmã casou e partiu para Israel, e eu ia seguí-la Mas acabei indo para América. Pouco depois eu conheci o meu marido e nos casamos. Fui abençoada com filhos, e aconteceram muitas coisas. Um dia, minha filha mais velha chegou em casa e disse: “Mãe, mamãe, eu creio em Jesus Cristo. Ele é o Messias Judeu.” Eu não conseguia acreditar no que ouvi! O mesmo Jesus que matou a minha família, me colocou em um campo de concentração, em cujo nome fizeram experimentos, espancaram e mataram… Como pode você acreditar nisso? Como pode você acreditar que existe um Deus? Eu expulsei a minha filha de casa, por ela acreditar em Jesus. Enviei o meu marido para aquela casa, e ele virou crente! Ele não queria ir comigo à sinagoga, embora eu tivesse os melhores lugares, mas lá ele acreditou! Eu disse: “Vou lhes ensinar uma lição, eu vou encontrar o assassino Jesus!” Eu desci ao porão e me tranquei. Olhei na minha Bíblia. Mas eu sabia que naquela Bíblia, a que o rabino me deu, não havia nenhum Jesus Então eu a larguei de lado e peguei a Bíblia da minha filha Eu li e li, e reli de novo, porque sabia que eu não o tinha visto Fiquei cerca de 4 ou 5 dias no porão. Eu não fiz nada em casa, não cozinhei, não limpei, ninguém podia se aproximar de mim. Naquele momento, eu realmente agi como uma tirana Depois de ler por tantos dias, eu não pude encontrar mais desculpas. Eu vi que Ele era o Cordeiro, não o Leão, e que ele não me matou. Ele não me colocou em um campo de concentração, ele não matou a minha família, Ele morreu por mim. Você sabia disso? Ele morreu por mim! Ele me amou tanto que Ele deu a Si mesmo por mim. Eu não me converti. Eu sou judia, você vê. Eu achei o Deus de Israel e O sirvo para glória Dele. Pegue a sua própria Bíblia, há 328 profecias desde Gênesis à Malaquias. Nas Escrituras hebraicas, que vão de Gênesis até Crônicas. Existem tantas profecias sobre a vinda do Servo Sofredor! Leia elas. Só leia… e chegue à sua própria conclusão de quem é Aquele de quem eu estou falando Histórias dos sobreviventes do Holocausto